Dracena, Sexta - 22 de Junho de 2018
Andradina confirma a morte de mais duas pessoas por gripe H1N1   Jovem toma a vacina contra a gripe H1N1 em Andradina (Foto: Reprodução/TV TEM)       A Secretaria da Saúde de Andradina (SP) confirmou, nesta quarta-feira (20), mais duas mortes provocadas por Influenza A H1N1. Assim, a cidade contabiliza três mortes provocadas pela doença neste ano. De acordo com a secretaria, as vítimas são uma idosa de 74 anos e uma mulher, de 58, que tinha problemas crônicos de saúde. Elas não haviam recebido a vacina contra a gripe, ainda conforme a prefeitura. Segundo a secretaria, a cobertura da vacinação contra a gripe está em 83% na cidade, no entanto, o grupo de gestantes e crianças atingiu menos de 60% do público-alvo. A campanha termina nesta sexta-feira (22). A primeira morte na cidade foi confirmada no mês passado. A vítima foi um homem de 39 anos que morava no bairro Pereira Jordão e morreu no final de abril. De acordo com a secretaria, ele era diagnosticado com diabetes.   Sintomas e tratamento   A gripe - tanto a H1N1 quanto a H3N2 ou a Influenza B - tem como sintomas febre alta e súbita, tosse, dor de garganta, dor no corpo, dor nas articulações e dor de cabeça. No caso do H1N1, um sintoma que chama a atenção é a falta de ar e o cansaço excessivo. É importante distinguir a gripe do resfriado comum, que é muito mais leve, com sintomas menos graves como coriza, mal estar, dor de cabeça e febre baixa. O tratamento deve envolver boa hidratação, repouso e uso do antiviral específico, prescrito pelo médico. É importante que o paciente consiga tomar a medicação nas primeiras 48 horas do início dos sintomas, para que a eficácia seja maior. O tratamento também pode envolver o uso de analgésicos para aliviar os sintomas.   Jovem toma a vacina contra a gripe H1N1 em Andradina (Foto: Reprodução/TV TEM)   G1
“A vergonha é verde e amarela”, diz post do governo sobre assédio   Mensagens fazem referência a caso ocorrido com brasileiros na Rússia   Por Renata Giraldi - Agência Brasil  Brasília A controvérsia gerada pelos brasileiros na Rússia durante esta Copa do Mundo levou o governo federal a fazer postagens nas redes sociais de repúdio ao assédio e críticas à violência contra mulher. É uma campanha de combate ao ato de cinco brasileiros que fizeram um vídeo com comentários jocosos ao lado de uma mulher russa. Imagem usada no post do governo federal no Twitter contra o assédio a mulheres faz referência a caso na Rússia (Secretaria de Política para Mulheres/Reprodução) No Twitter do governo federal (@governodobras), foram postadas três imagens, nas quais um homem desenhado aparece à esquerda com a boca aberta como alguém que pronúncia algo desagradável, em seguida há as frases de efeito, a começar com: “A vergonha é verde e amarela”. As imagens são assinadas pela Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM). As postagens foram ao ar por volta das 13h desta quinta-feira (21). A primeira delas diz ainda: “A atitude de alguns envergonhou e gerou indignação em todo o país. Seja no Brasil, na Rússia ou em qualquer lugar, temos que combater a violência contra a mulher”. Nas duas outras postagens há os dizeres “O assédio sempre revela pior lado” e “Não alimente monstro do assédio”. Em todas as postagens, há a orientação para não aceitar violência de qualquer tipo e denunciar. “Não tem espaço para o assédio onde existe o respeito! #Disque180 e denuncie!.” O Ministério Público Federal do Distrito Federal abriu inquérito para apurar se os brasileiros que gravaram o vídeo cometeram crime de injúria.
CEP/UME realiza coquetel de apresentação do curso Técnico em Estética Por Fernando Nunes.   Foto Apresentação do curso de estética foi bem prestigiada pela comunidade   O CEP/UME realizou, no dia 19 de junho, um coquetel de apresentação do novo curso Técnico em Estética nas dependências da escola. Na ocasião, foram apresentadas informações sobre a novidade ofertada e os presentes puderam acompanhar uma palestra com a fisioterapeuta dermatofacial Cynthia Esteves, coordenadora do curso. Durante o evento, a diretora do CEP/UME Julia Portari apresentou a escola e seus laboratórios, falou sobre a tradição em educação mantida pela Fundec há 50 anos. O professor Oséias Semêncio falou sobre mercado de trabalho para os profissionais, bem como a necessidade do registro profissional exigido por lei para atuar na área da estética. O curso terá a duração de 18 meses e contará com aulas práticas e teóricas que trarão aos profissionais uma formação que trata do embelezamento, promoção, proteção, manutenção e recuperação estética da pele. Segundo a diretora Julia Portari, o curso seleciona e aplica procedimentos e recursos estéticos, utilizando produtos cosméticos, técnicas e equipamentos específicos, de acordo com as características e necessidade da pessoa. Utiliza técnicas de atendimento ao cliente, orientando-o sobre ações de proteção à saúde cutânea. Segundo Cynthia Esteves, o profissional formado por este curso poderá atuar em espaço próprio ou de terceiros e em domicílio, institutos de estética e beleza, clínicas médicas, hotéis, spas, academias e demais serviços de saúde e bem-estar. A profissão é reconhecida pela Lei nº 12.592, de 18 de janeiro de 2012. As matrículas estão abertas e podem ser feitas diretamente na Secretaria Geral da Fundec. Mais informações: (18) 3821-9004 ou pelo site www.fundec.edu.br/tecnico .  
Ativista pede punição a brasileiros que assediaram mulher na Rússia       Por Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil  Brasília Uma ativista russa criou um abaixo-assinado na internet para reunir manifestações de apoio à punição aos brasileiros filmados assediando uma mulher durante as comemorações da Copa do Mundo, na Rússia. Até as 18 horas, a petição já contava com mais de 9 mil assinaturas. Alena Popova afirma que as leis russas preveem formas de responsabilizar quem humilhe a honra ou a dignidade de outras pessoas. Segundo ela, o comportamento dos brasileiros também pode ser enquadrado como violação à ordem pública ou assédio, podendo ser punidos com multas administrativas. A ativista sustenta que os brasileiros filmados constrangendo a mulher ainda não identificada devem se desculpar publicamente por desrespeitar as mulheres e as leis russas ao se comportarem de forma sexista. Na petição, Alena pede às autoridades russas que levem em conta, além do conteúdo dos vídeos compartilhados pelas redes sociais e as assinaturas recolhidas por ela, também as reportagens divulgadas pela imprensa. E afirma ter consultado a embaixada brasileira sobre eventuais sanções que os brasileiros podem sofrer ao retornar ao país. A Agência Brasil procurou o Itamaraty para confirmar esta informação, mas ainda não obteve respostas. Diante da repercussão negativa, os ministérios das Relações Exteriores, do Turismo e do Esporte se apressaram em condenar o comportamento dos brasileiros. Hoje, o ministro do Esporte, Leandro Cruz da Silva, disse que a atitude dos homens filmados ridicularizando uma moça que parece não compreender o sentido das frases ofensivas que os brasileiros gritam, em coro e em português, envergonharam todo o Brasil, desdenhando da receptividade russa. O Ministério do Turismo também condenou  a atitude do grupo, afirmando, em nota, que o machismo e a misoginia não são aceitáveis sob nenhum aspecto, muito menos em um evento como a Copa do Mundo, realizado para “promover a integração entre povos e culturas do mundo todo”. A Polícia Militar de Santa Catarina (PM-SC) e a seccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco identificaram nominalmente dois dos homens que aparecem no vídeo que ganhou as redes sociais nos últimos dias. A PM anunciou que o tenente, que está de férias na Rússia , vai responder a processo administrativo disciplinarquando retornar ao trabalho. E a OAB repudiou “veementemente” o episódio e o envolvimento de um advogado pernambucano. Na explicação de motivos para criar o abaixo-assinado, Alena Popova afirma que a reação pública no Brasil é exatamente como deveria ter sido na Rússia - o que, segundo ela, não ocorre. Esta manhã, a embaixada brasileira informou, durante entrevista do ministro do Esporte, que recebeu várias manifestações de repúdio de brasileiros, mas nenhuma queixa de cidadãos russos. Além do vídeo em que um grupo de brasileiros cerca uma mulher gritando palavras alusivas ao órgão sexual feminino, pelo menos outros dois registros de brasileiros humilhando estrangeiros circulam nas redes sociais. Um deles foi gravado por um rapaz que trabalhava na empresa aérea Latam, que o demitiu tão logo o episódio se tornou público.
Visitantes de presídios são flagradas com diversos ilícitos nos finais de semana   Apreensões ocorreram nas unidades de Flórida Paulista, Irapuru, Junqueirópolis, Presidente Bernardes, Pacaembu. Por Sec. da Administração Penitenciária- CROESTE   Microcelulares foram barrados em tentativa de entrada na penitenciária de Junqueirópolis (Foto: Assessoria) No último final de semana (16 e 17), estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são suspensos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais. Seguem informações de cada unidade prisional:     SÁBADO (16/06/18) PENITENCIÁRIA “AEVP CRISTIANO DE OLIVEIRA” DE FLÓRIDA PAULISTA O scanner corporal sinalizou positivamente para a presença de material metálico no corpo de duas visitantes, quando passavam pelo aparelho. Ao serem questionadas, as mulheres retiraram diariodeassis@uol.com.brvoluntariamente de seus órgãos genitais cada qual um “invólucro” com 01 (um) telefone móvel. Ambas foram suspensas do rol de visitas e levadas à delegacia. Os sentenciados responderão a Procedimentos Disciplinares para apuração dos fatos.     PENITENCIARIA “SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA” DE PRESIDENTE BERNARDES Três visitantes do sexo feminino foram surpreendidas tentando entrar com objetos proibidos (telefone celular e placa) na penitenciária, os quais foram descobertos durante procedimento de revista no scanner corporal.  Os materiais estavam introduzidos nas genitálias das visitantes, as quais foram suspensas do rol de visitas e levadas à delegacia local. Para apurar a cumplicidade dos sentenciados, foram instaurados Procedimentos Disciplinares.   PENITENCIÁRIA DE IRAPURU Antes de passar pelo scanner corporal, a companheira de um sentenciado tentou ludibriar a segurança da unidade dispensando um pacote no chão, o qual continha 02 (duas) placas de celulares. No dia seguinte, outra visita foi flagrada pelo aparelho de revista mecânica portando um invólucro com 01 (um) micro celular, inserido nas partes íntimas. A Polícia Militar foi acionada e conduziu as mulheres ao plantão policial, as quais também foram suspensas do rol de visitas. Já os sentenciados responderão a Procedimento Disciplinar para averiguação dos fatos.     PENITENCIÁRIA DE JUNQUEIRÓPOLIS Duas mulheres foram impedidas de entrar na unidade prisional após passarem pelos procedimentos de revista no Boddy Scanner. Isso porque, o aparelho apontou nas imagens que havia algo oculto nas partes íntimas de ambas. Após serem averiguadas, uma confessou que trazia 01 (um) microcelular escondido e a outra entregou aos agentes extratos bancários enrolados e 02 (duas) folhas com informações bancárias.  As duas foram suspensas do rol de visitas e levadas ao plantão policial, enquanto os sentenciados foram removidos ao Pavilhão Disciplinar para apuração dos fatos.     PENITENCIÁRIA “OZIAS LÚCIO DOS SANTOS” DE PACAEMBU Ao passar pelos procedimentos de revista no Body Scanner, agentes identificaram nas imagens que a companheira de um sentenciado escondia algo introduzido na genitália. Após ser questionada, a mulher confessou o fato retirando do corpo 01(um) invólucro contendo 02(duas) porções de massa epóxi. Ela foi suspensa do rol de visitas e o sentenciado isolado preventivamente em Pavilhão Disciplinar.
14ª Mostra de Teatro divulga programação com mais de 15 atrações em PP SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO       14ª Mostra de Teatro divulga programação com mais de 15 atrações em PP   Tem início no próximo dia 26 (terça-feira), em Presidente Prudente, a 14ª Mostra de Teatro - A Construção da Autonomia Artística. Toda a programação, que segue até 1º de julho, é gratuita, sendo necessária a retirada dos ingressos uma hora antes de cada apresentação. No total, serão encenados nove espetáculos de companhias de teatro da cidade e convidados, cinco cenas curtas, duas leituras dramáticas e duas atividades formativas.   Com ações voltadas para adultos e crianças, a iniciativa, que é promovida pela Olho Nu Promoções e Eventos Ltda. e Mênades & Sátiros Cia. de Teatro, em parceria com o Governo de Presidente Prudente, através da Secult (Secretaria Municipal de Cultura) e apoio do Sesc Thermas e Poiesis, será realizada em diferentes espaços no Centro Cultural Matarazzo - Teatro Paulo Roberto Lisbôa, Laje, Os Sombras e Os Temperamentais, Auditório Sebastião Jorge Chammé, Salas 2 e 6, e também no Sesc Thermas.   Todos os dias, logo após as representações teatrais, ocorrerá um bate-papo com a presença do elenco e plateia. A mediação ficará a cargo do pesquisador e professor de teatro Douglas Rodrigues Novais.   Programação Dia 26/06, terça-feira, às 20h, no Sesc Thermas. Espetáculo: Favor beber o leite, senão estraga; do Coletivo Cronópio - São Paulo/SP. Duração de 70 minutos e classificação indicativa de 12 anos.   Dia 27/06, quarta-feira, às 20h30, no Teatro Paulo Roberto Lisbôa - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: Gênesis - Da Criação ao Dilúvio, da Companhia de Teatro Garimparisos - Presidente Prudente/SP. Duração de 50 minutos e classificação indicativa de 12 anos.   Dia 28/06, quinta-feira, às 20h30, no Teatro Paulo Roberto Lisbôa - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: Para Mollis, da Pagu Cia. de Teatro - Presidente Prudente/SP. Duração de 50 minutos e classificação indicativa livre.   Dia 29/06, sexta-feira, às 14h, e no dia 30, sábado, às 15, no Teatro Paulo Roberto Lisbôa - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: O Dragão de Fogo, de Eduardo Okamoto - São Paulo/SP. Duração de 50 minutos e classificação indicativa livre.   Dia 29/06, sexta-feira, às 20h30, na Laje - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: Anne Frank, da Cia Cid Chagas - Pereira Barreto/SP. Duração de 40 minutos e classificação indicativa de 10 anos.   Dia 29/06, sexta-feira, às 22h, na Sala 2 - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: Os dragões não conhecem o paraíso, de Celso Aguiar - Presidente Prudente/SP. Duração de 50 minutos e classificação indicativa de 15 anos.   Dia 30/06, sábado, às 20h30, no Teatro Paulo Roberto Lisbôa - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: A Cantora Careca, da Abayomi & Arca Cia de Teatro - Votuporanga/SP. Duração de 80 minutos e classificação indicativa de 12 anos.   Dia 01/07, domingo, às 16h, na Laje - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: Chapeuzinho Vermelho, da Cia. Arco-Íris - Presidente Prudente/SP. Duração de 50 minutos e classificação indicativa livre.   Dia 01/07, domingo, às 20h, no Teatro Paulo Roberto Lisbôa - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: Erêndira, da Cia. 3º Ato de Teatro - Piracicaba-SP. Duração de 60 minutos e classificação indicativa de 16 anos.   Cenas Curtas 27/06, quarta-feira, às 21h30, no Boulevard "Os Sombras e os Temperamentais" - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: Mulheres de Cor, da Pagu Cia. de Teatro - Presidente Prudente/SP.   28/06, quinta-feira, às 21h30, na Laje - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculo: Abertura de Processo - O Poderoso Palhaço, do Aliteatro - Presidente Prudente/SP.   30/06, sábado, Às 22h, na Laje - Centro Cultural Matarazzo. Espetáculos: Era uma vez eu, Verônica - da Stásis Cia. de Teatro - Presidente Prudente/SP; Pretexto desconexo para falar de amor, da Companhia de Teatro Garimparisos - Presidente Prudente/SP; e O Imaginário Dom Real, da Stásis Cia. de Teatro - Presidente Prudente.   Leituras Dramáticas 29/06, sexta-feira, às 19h, no Auditório Sebastião Jorge Chammé - Centro Cultural Matarazzo. Leitura: Querido Mundo (Maria Carmem Barbosa e Miguel Falabella), da Os Bárbaros Cia. de Teatro - Presidente Prudente/SP. Duração de 75 minutos e classificação indicativa de 14 anos.   30/06, sábado, Às 19h, na Sala 6 - Centro Cultural Matarazzo. Leitura: O Submarino (Maria Carmem Barbosa e Miguel Falabella), da Os Bárbaros Cia. de Teatro - Presidente Prudente/SP. Duração de 75 minutos e classificação indicativa de 14 anos.   Atividades Formativas 30/06, sábado, das 10h às 13h, na Sala de Cinema Condessa Filomena Matarazzo. Oficina: Intercâmbio de Produção e Gestão de Projetos Culturais: modos de fazer no interior e no litoral. Orientadores: Daniele Sampaio (diretora de produção) e o ator Eduardo Okamoto.   01/07, domingo, das 10h30 às 12h30, no espaço de convivência do Sesc Thermas. Oficina: Princípios da Improvisação. Orientador: Douglas Rodrigues Novais.   Serviço: Mais informações do evento através dos telefones: (18) 3226-3399 / (18) 99601-2042 / (18) 99707-6688 ou pelo site www.grupomenadesesatiros.com.br.   Foto : Um dos destaques do evento, a peça "O Dragão de Fogo" será apresentada em duas sessões. (Fernando Stankuns)         Foto Cedida/ Secult 
Amigas Voluntárias “Edna Galvani” doam mantas para os pacientes da Avapac     Por Da Redação   Grupo de amigas voluntárias durante entrega de peças a diretoria da Avapac (Foto: Divulgação) Grupo Amigas Voluntárias “Edna Galvani” esteve na Avapac, fazendo doação para os pacientes. Foram 30 mantas de soft, 20 kits de touca e sapato de tricô e crochê e cinco toucas de tricô. Há pouco menos de um ano, várias amigas se uniram para confeccionar peças manuais que seriam destinadas a entidades assistenciais. “A ideia foi da Edna Galvani”, explicou Neusa Caetano de Jesus coordenadora do grupo que leva o nome da idealizadora, falecida no começo deste ano. “A morte da Edna nos uniu ainda mais e outras amigas vieram fazer parte do grupo que atualmente conta com 20 colaboradoras”. “Nós nos reunimos uma vez por semana, na casa de uma de nós, para confeccionar as peças”, comentou Latifi Muniz. “No ano passado, doamos 40 bonequinhas de pano para o Hospital do Câncer de Presidente Prudente. Para os meninos compramos 20 joguinhos de damas e trilha”. “Este ano faremos bonequinhas com coraçõezinhos presos ao vestido com velcro, para as para meninas daquele hospital” completou Neusa Caetano. Todo o material para a confecção das mantas e das toucas e sapatos foram doados. No dia da entrega para a Avapac estavam presentes João Roberto Oliveira Silva que se trata em Presidente Prudente e Elza, mãe de Ivan Rodrigo Altran, paciente do Hospital Amaral Carvalho, de Jaú. No dia seguinte mais cinco pacientes receberam as doações.  “Já foi feita uma triagem e aqueles que estão fazendo quimio e radioterapia também receberão  os mimos, pois eles viajam toda a semana para os procedimentos”, finalizou Diva Barreto Fávero, vice-presidente da Avapac. (Com informações Avapac).
Bandido usa serrote para render empregada doméstica e assalta residência em Dracena   Ladrão trancou a mulher em um dos quartos do imóvel, no bairro São Francisco, e fugiu depois de roubar produtos que estavam na casa, na manhã desta terça-feira (19).         Um ladrão armado com um serrote assaltou na manhã desta terça-feira (19) uma residência localizada no bairro São Francisco, em Dracena. De acordo com a Polícia Civil, o criminoso invadiu a casa por volta das 7h45, no momento em que uma empregada doméstica chegava para trabalhar na residência e rendeu a mulher na cozinha. O ladrão usava luvas nas mãos e blusa com capuz. O bandido levou a doméstica para um dos quartos da casa e em seguida trancou a porta. No entanto, antes de trancar a mulher no quarto, o ladrão perguntou-lhe sobre a existência de algum cofre na casa. Como a empregada informou-lhe de que não havia nenhum cofre na residência, o assaltante começou a revirar todas as dependências do imóvel. Ele roubou relógios, dois pares de tênis, celulares, mochilas, roupas e um aparelho de som portátil, além de uma pequena quantia em dinheiro, e fugiu em seguida, segundo as polícias Civil e Militar. Depois que o assaltante deixou o local, a empregada passou a gritar por socorro e foi ouvida por um vizinho, que acionou a Polícia Militar e a corporação chegou ao local por volta das 11h50. Segundo a Polícia Militar, o morador da residência informou que o assalto ocorreu após ele sair da casa. A empregada não sofreu nenhuma lesão. A residência possui câmeras de vigilância e as imagens do circuito de monitoramento já estão com os policiais para auxiliar nas investigações. Os policiais realizaram diligências para tentar localizar o assaltante, recuperar os produtos roubados e verificar também se houve a participação de outras pessoas. No entanto, ninguém foi preso. G1