Dracena, Sábado - 16 de Fevereiro de 2019

Acusado de matar comerciante tradicional tupiense será julgado nesta quinta pelo tribunal do júri

No ano de 2015 Edvaldo dos Reis, de Monte Castelo foi preso em flagrante acusado de matar a facadas Plínio de São João Guerra

 

No ano de 2015 Edvaldo dos Reis, de Monte Castelo foi preso em flagrante acusado de matar a facadas Plínio de São João Guerra

0
33
 
 

Nesta quinta-feira, 7, às 9h30 acontecerá no Fórum de Tupi Paulista o julgamento perante ao tribunal do júri, de Edvaldo dos Reis (Garotinho), de Monte Castelo, acusado de matar com diversos golpes de faca o comerciante Plínio de São João Guerra, de família tradicional de Tupi Paulista.

O crime ocorreu em novembro de 2015, teve repercussão regional e consta que se deu em razão de vingança de um suposto envolvimento amoroso entre a mulher do acusado com a vítima. O julgamento deverá contar com um público grande, devido à comoção na época.

O advogado de Edvaldo dos Reis, Rogério Calazans informou que o cliente está preso desde a época do crime no CDP, em Caiuá. Ele foi preso em flagrante.

Na acusação estará o promotor Fernando Galindo Ortega. A sessão do júri será presidida pelo juiz Marcelo Peres Rodrigues.

IMAGENS