Dracena, Sexta - 19 de Julho de 2019

Cardiologista presa por fraude em vestibular de Medicina está detida na cadeia de Dracena

Por

 portalregional

 -
0
123
 
 

A médica cardiologista, de 34 anos, de Presidente Prudente, presa na operação de hoje sobre compra de vagas em Faculdade de Medicina está recolhida na cadeia de Dracena. Outras três pessoas presas em São Paulo estão sendo trazidas para Dracena e devem chegar no período da noite.

A informação diz respeito a Operação ASCLÉPIO, com objetivo de combater organização criminosa que realiza fraudes em vestibulares para curso de Medicina, pela Polícia Civil de São Paulo, através da Delegacia Seccional de Polícia de Assis – DEINTER-8, em parceria com o Ministério Público do Estado de São Paulo.

As investigações tiveram início através de notícia de eventual esquema de fraude no vestibular para o curso de medicina da Fundação Educacional do Município de Assis – FEMA, ocorrido em abril de 2017, onde sua direção teria descoberto que terceiras pessoas haviam se passado por 05 (cinco) candidatos e realizaram as provas, entretanto, a entidade organizadora do certame – VUNESP – constatou inconsistências nas identificações datiloscópicas, assinaturas na folha de respostas e também nas imagens captadas dos candidatos, com as coletadas dos alunos aprovados e posteriormente matriculados no curso.

IMAGENS