Dracena, Terça - 18 de Setembro de 2018

Implantação das três usinas fotovoltaicas em Dracena está programada para ter início em setembro

Segundo o diretor presidente da Total Eren no Brasil, Pierre Emmanuel Moussafir, o projeto da instalação e funcionamento das 250 mil placas solares está orçado em R$ 300 milhões, com a geração de energia de 175 gigawatts-hora por ano

I

Segundo o diretor presidente da Total Eren no Brasil, Pierre Emmanuel Moussafir, o projeto da instalação e funcionamento das 250 mil placas solares está orçado em R$ 300 milhões, com a geração de energia de 175 gigawatts-hora por ano

O diretor presidente da Total Eren no Brasil, Pierre Emmanuel Moussafir, falou com a reportagem do JR sobre o projeto da instalação das usinas solares (Foto: Lucas Mello/JR) Portalregional

 



Hoje, 5, o diretor presidente da Total Eren no Brasil, Pierre Emmanuel Moussafir, e demais representantes da empresa multinacional, além do prefeito de Dracena Juliano Brito Bertolini; deputado Reinaldo Alguz e presidente da Câmara Municipal de Dracena Rodrigo Parra estiveram reunidos no auditório da Fundação Dracenense de Educação e Cultura (Fundec), para apresentar o cronograma para a instalação das três usinas fotovoltaicas em Dracena que ficará localizada em uma propriedade no sentido ao Aeroporto Estadual Muliterno.

Segundo o diretor presidente da Total Eren no Brasil, Pierre Emmanuel Moussafir, durante o evento foi apresentado  o que a empresa multinacional fez no Brasil e no Mundo e o principal, o cronograma do projeto de instalação das usinas solares em Dracena.

Ainda conforme ele, o cronograma já começou com a parte de engenharia com a seleção e a aquisição dos equipamentos, cuja previsão da implantação está prevista para começar em até dois meses.

Pierre disse que o custo de implantação e funcionamento está orçado em R$ 300 milhões, com a instalação de mais ou menos de 250 mil placas solares nas três usinas solares.

Ele ressaltou que o projeto da Total Eren em Dracena será o maior do Brasil e a previsão de funcionamento das três usinas solares será em junho de 2019.

Segundo o diretor presidente da empresa multinacional, a capacidade de geração de energia ao ano será de 175 gigawatss-hora para abastecer em torno de 80 mil pessoas.

Para o prefeito de Dracena Juliano Brito Bertolini, o projeto de instalação das usinas solares irá gerar empregos diretos e indiretos em cerca de 250.

O chefe do Executivo ressaltou que a vinda e funcionamento das usinas fotovoltaicas irá gerar recursos (impostos) para o município que poderão ser investidos em várias áreas.

“Basicamente elas vão gerar ICMS para o Estado, sendo uma parte destinada ao município. A previsão é que iremos arrecadar ao ano, em torno de R$ 500 mil”, finalizou o prefeito Juliano Bertolini.

 

QUEM É A EREN DO BRASIL?

 

A Eren do Brasil é a principal entidade do Grupo EREN no Brasil e uma subsidiária da Total Eren (antiga EREN Renewable Energy). Fundada em 2012 por Pâris Mouratoglou e David Corchia, EREN foi o primeiro grupo dedicado à economia dos recursos naturais. Tem sede em Paris, na França.

 

No site da multinacional há a seguinte informação: “2018 marcou uma etapa importante para a Total Eren e sua ambição de se posicionar como um participante importante no mercado brasileiro de energias renováveis. BJL11 foi finalizada em abril e entrou em operação em maio. BJL4 foi adquirida em janeiro e está programada para entrar em operação em novembro de 2018. Com a aquisição em junho do projeto de 90 MWp Dracena, temos orgulho de anunciar que a Eren do Brasil possui atualmente 140 MWp em operação ou construção no Brasil”.

IMAGENS