Dracena, Segunda - 27 de Maio de 2019

Mãe de 39 anos é acusada de tentar matar a própria filha

entativa de homicídio ocorreu no Pronto Atendimento, mulher foi presa por tentativa de homicídio

A acusada foi flagrada tentando sufocar a criança no Pronto Atendimento

 

 

Tentativa de homicídio ocorreu no Pronto Atendimento, mulher  foi presa por tentativa de homicídio

Uma mulher de 39 anos é acusada de tentar matar a própria filha, uma menina de sete  meses, por asfixia  no Pronto  Municipal Atendimento de Junqueirópolis , foi presa no começo da noite desta terça-feira, 12, acusada de tentativa de homicídio.

 

De acordo com informações,  a criança foi levada ao Pronto Atendimento onde foi constatado  fraturas em duas costelas do bebê. e a  avó acabou se evadindo do PS.

O Conselho Tutelar foi acionado e junto com a Polícia Militar  e na tarde, por volta das 17h dirigiu-se à casa da mãe, na vila Santa Rute, já que a criança precisava dos atendimentos médicos.

No Pronto Socorro, de acordo com informações de três testemunhas à Polícia,  a mãe foi flagrada tentando  asfixiar a criança, enquanto a amamentava tampando o nariz para impedí-la de respirar.

O delegado de Polícia de Junqueirópolis, Eliandro dos Santos, confirmou ao site DLZ TV, a tentativa de homicídio, conforme as provas testemunhais de enfermeiras do Pronto Atendimento.  Foi dada voz de prisão em flagrante à acusada, de nome Mirele e a mesma foi encaminhada à Cadeia de Dracena.

Ainda de acordo com o delegado,  a acusada vai passar á por audiência de custódia no Fórum de Junqueirópolis  nesta quarta-feira, 13h para determinar se a prisão será mantida ou não.

Conforme a Polícia Civil apurou também que a criança já havia sido atendida no mês de janeiro no PS, também com suspeitas de maus-tratos.

 

 

 

Fonte:Junqueirópolis  em  Dia.

IMAGENS