Dracena, Terça - 15 de Outubro de 2019

Visitas tentam entrar com facas nas penitenciárias de Pacaembu,Riolândia e Flórida Paulista

 

Assessoria de Imprensa

Nos dias 05 e 06 de outubro, estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

SÁBADO (05/10/2019)
PENITENCIÁRIA “PAULO GUIMARÃES” DE LAVÍNIA (PIII)
No último sábado, por volta das 09h30, a companheira de um sentenciado foi surpreendida tentando ingressar no ambiente carcerário com 18 (dezoito) pedaços de papel quadriculados de cor laranja, aparentando ser droga sintética (K4), camuflados na vasilha de alimentação, em meio a pedaços de pizzas. A apreensão ocorreu no setor de portaria, durante o procedimento de revista manual da alimentação. As demais providências pertinentes ao caso foram adotadas.

CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Durante o procedimento de revista através do aparelho de scanner corporal, a companheira de um sentenciado foi flagrada tentando entrar com entorpecente no Centro de Detenção Provisória de São José do Rio Preto. Ao ser submetida ao referido aparelho, a funcionária que operava o equipamento observou através das imagens geradas pela máquina que havia alguma coisa suspeita na região do cós da calça da visitante. Ao ser questionada sobre a suspeita, a visitante confessou que portava uma pequena porção de maconha oculta na vestimenta. Diante do exposto, foi dada voz de prisão a visitante, sendo esta então conduzida juntamente com a droga apreendida ao plantão policial onde foi registrado  Boletim de Ocorrência, bem como, determinada a suspensão da visitante nos termos da Resolução SAP 144, de 29.06.2010, Artigo 135, alterado pela Resolução SAP 196, de 11/11/2015. Foi ainda instaurado procedimento interno disciplinar para averiguar possível cumplicidade do sentenciado que ela visitaria.

PENITENCIÁRIA “SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA” DE PRESIDENTE BERNARDES
Três visitantes foram surpreendidas tentando entrar com objetos ilícitos na Penitenciária “Silvio Yoshihiko Hinohara” de Presidente Bernardes. As apreensões ocorreram durante o procedimento de revista através do aparelho de scanner corporal. A primeira visitante foi flagrada com um fio de estanho, medindo aproximadamente 12 cm, que mantinha escondido na calcinha. Já as outras duas visitantes portavam 01 (um) aparelho de telefonia celular cada, escondidos em suas genitálias. As visitantes foram conduzidas à Delegacia de Polícia local, onde foram lavrados os respectivos Boletins de Ocorrência. Também foram instaurados Procedimentos Disciplinares para apurar a cumplicidade dos sentenciados que receberiam os celulares.

PENITENCIÁRIA “LUIZ APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA (PII)
Uma visitante, cadastrada como companheira de um sentenciado, foi flagrada durante procedimento de revista através do aparelho de raios X, trazendo 01 (um) pedaço de fio de cobre, medindo aproximadamente 95mm, o qual foi encontrado no bolso da sacola com pertences e gêneros alimentícios. Foi lavrado o Comunicado de Evento, o sentenciado isolado preventivamente e instaurado Procedimento Disciplinar para melhor apuração dos fatos, bem como apresentado a visitante juntamente com o material apreendido perante a Autoridade Policial para as providências da Polícia Judiciária, sendo ainda confeccionado expediente de suspensão da visitante, nos termos da Resolução SAP – 144/2010.

DOMINGO (06/10/2019)

PENITENCIÁRIA DE VALPARAÍSO
Durante revista através do aparelho Body Scanner foi apreendido 01 (um) invólucro contendo substância aparentando ser cocaína, o qual estava introduzido nas partes íntimas da companheira de um sentenciado. A Polícia Militar foi acionada e a visitante encaminhada para a Delegacia de Polícia local para lavratura de Boletim de Ocorrência, sendo ainda realizada sua suspensão do rol de visitas e o sentenciado encaminhado ao Pavilhão Disciplinar.

PENITENCIÁRIA “OZIAS LÚCIO DOS SANTOS” DE PACAEMBÚ
Uma visitante foi flagrada tentando adentrar a Unidade Prisional com 01 (uma) faca de mesa oculta junto a seus pertences. Durante procedimento de revista através do aparelho de raios X, a amásia de um sentenciado foi surpreendida com uma faca de mesa escondida no fundo da sacola de alimentos que trazia. A Polícia Militar foi acionada para as providências de praxe. Igualmente, foi instaurado Procedimento Disciplinar a fim de apurar eventual cumplicidade por parte do sentenciado que seria visitado, o qual se encontra isolado preventivamente no Pavilhão Disciplinar, bem como autuado Expediente Avulso visando à suspensão da visitante em questão.

PENITENCIÁRIA “SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA” DE PRESIDENTE BERNARDES

No último domingo, durante procedimento de revista através do aparelho de scanner corporal, 02 (duas) visitantes foram flagradas tentando adentrar a Penitenciária com 01 (um) aparelho de telefonia celular cada, os quais mantinham escondidos em suas genitálias. As visitantes foram conduzidas à Delegacia de Polícia local, onde foram lavrados os respectivos Boletins de Ocorrência.Também foram instaurados Procedimentos Disciplinares para apurar a cumplicidade dos sentenciados que receberiam os celulares.

PENITENCIÁRIA “PAULO GUIMARÃES DE LAVÍNIA” (PIII)
Ao submeter visitantes ao procedimento de revista através do aparelho de Raios X, foi encontrado 01 (um) pedaço de fio de estanho, medindo aproximadamente 1,4m, junto aos pertences e alimentos trazidos pela companheira de um sentenciado. Em uma segunda ocorrência, a companheira de outro sentenciado foi flagrada, através da revista de imagem pelo scanner corporal, com algo suspeito em seu corpo, vindo a entregar voluntariamente 01 (um) micro aparelho celular, o qual estava oculto em seu órgão genital. Na terceira ocorrência, outra visitante, também cadastrada como companheira de sentenciado, através da revista de imagem por scanner corporal, foi verificado algo suspeito em seu corpo, sendo solicitado para que a mesma realizasse a troca do absorvente, constatando que trazia consigo 13 (treze) pedaços de papel, aparentando ser ventorpecente sintético K4. Foram lavrados os Comunicados de Evento, os sentenciados isolados preventivamente e instaurados Procedimentos Disciplinares para melhor apuração dos fatos. As visitantes foram apresentadas, juntamente com os materiais apreendidos, perante a Autoridade Policial para as providências da Polícia Judiciária, sendo ainda confeccionados expedientes de suspensão do rol de visitas, nos termos da Resolução SAP – 144/2010.

PENITENCIÁRIA “TACYAN MENEZES DE LUCENA” DE MARTINÓPOLIS
No dia 06/10, por volta das 09h, uma senhora cadastrada no rol de visitas como companheira de um sentenciado tentou ingressar na unidade com 02 (dois) pedaços de papéis, medindo aproximadamente 8x8cm cada, os quais estavam ocultos dentro de um absorvente que ela estava usando. As imagens atípicas foram verificadas através do aparelho de scanner corporal. Inspecionado o material encontrado, constatou-se que os pedaços de papéis possuíam as características do entorpecente sintético “K4”. A visitante e o suposto entorpecente foram encaminhados à Delegacia de Polícia local, sendo ela ainda suspensa do rol de visitas e instaurado Procedimento de Infração Disciplinar em face do sentenciado que seria visitado.
 
PENITENCIÁRIA DE OSVALDO CRUZ
Durante os procedimentos de revista através do equipamento de scanner corporal, a companheira de um sentenciado foi surpreendida com uma moeda de R$ 0,05 (cinco centavos) em sua cintura, sendo impedida de adentrar a unidade.

PENITENCIARIA DE IRAPURU
Através dos procedimentos de revista realizados pelo aparelho de scanner corporal, foi constatado que a irmã de um sentenciado possuía algo suspeito em seu órgão genital. Ao ser questionada, a visitante confessou os fatos, dirigindo-se até o banheiro feminino na companhia de duas agentes de segurança penitenciária, vindo a retirar e entregar um invólucro contendo 01 (um) aparelho de telefonia celular, sem bateria e sem chip. Diante disso, o objeto apreendido foi encaminhado à autoridade policial, o sentenciado conduzido preventivamente ao pavilhão disciplinar, bem como, instaurado procedimento disciplinar e apuração preliminar para apuração dos fatos.

PENITENCIÁRIA DE RIOLÂNDIA
No último domingo, por volta das 08h20, a companheira de um sentenciado foi surpreendida, durante os procedimentos de revista com o equipamento de scanner corporal, em posse de 01 (um) micro aparelho celular, o qual estava introduzido em sua genitália, sendo retirado e entregue voluntariamente pela referida visitante que, posteriormente, foi conduzida a autoridade policial para as providências de praxe. No mesmo dia, por volta das 09h, durante os procedimentos de revista nos materiais (jumbo) trazidos pela companheira de outro sentenciado foi encontrada 01 (uma) faca de mesa, a qual estava em meio aos referidos materiais.

PENITENCIÁRIA DE FLÓRIDA PAULISTA
Duas apreensões ocorreram durante os procedimentos de revista nos pertences trazidos por visitantes no último domingo. Por volta das 08h40, 01 (uma) faca de mesa foi encontrada dentro de uma vasilha de comida trazida pela mãe de um sentenciado. Já a segunda apreensão ocorreu por volta das 09h40, quando a companheira de um sentenciado foi flagrada na posse de 01 (um) aparelho celular com bateria e 02 chips, no momento em que seus pertences eram submetidos à revista de praxe, sendo acionado a Polícia Civil, que conduziu a visitante e o objeto apreendido até a Delegacia de Polícia local para a elaboração do boletim de ocorrência e demais providências pertinentes. Em ambos os casos, as visitantes foram suspensas administrativamente do rol de visitas dos sentenciados, conforme ordena a legislação vigente, sem prejuízo da instauração de Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos sentenciados envolvidos. Portalreginoal

IMAGENS