Dracena, Sexta - 22 de Junho de 2018

ENTREVISTA DO MÊS

 

A entrevista  é com  a fonoaudióloga Tayla Carvalho Isidoro da Silva (foto),que tem consultório na Avenida Rui Barbosa,1208,em Dracena,junto a Policlínica. Veja na íntegra.

 

 

- Quando deve se fazer o teste da orelhinha?

R- O exame deve ser realizado logo ao nascimento do bebê, nos primeiros 30 dias de vida. Estudos indicam que um bebê que tenha um diagnóstico de alteração auditiva e intervenção fonoaudiológica até os seis meses de idade pode desenvolver fala e linguagem muito próxima a de uma criança ouvinte. 

- Qual o método utilizado para realização do exame?

R- Utiliza-se o aparelho de Emissões Otoacústicas Evocadas por estímulo transiente. É um exame simples, fácil, rápido e indolor. O exame é realizado durante o sono natural do bebê, com a colocação de um fone na parte externa da orelhinha. O tempo é de aproximadamente 5 minutos em cada orelha e o exame baseia-se na produção de um estímulo sonoro de fraca intensidade, bem como na percepção do retorno desse estímulo, na orelha interna (cóclea).

Como é dado o resultado?

R- Ao final do exame é emitido um relatório do diagnóstico, que é entregue para o responsável do bebê e este poderá levar ao seu médico. No caso de suspeita de alguma anormalidade, o bebê será encaminhado para uma avaliação otológica e audiológica completa. 

- Quais os fatores de riscos para surdez nos bebês?

R-Histórico familiar,drogas e álcool durante a gestação,infecções congênitas pela mãe na gestação(toxoplasmose,rubéola,sífilis,citomegalovírus ou herpes genital),anomalias craniofaciais,recém-nascido com peso menos que 1500g ,hiperbilirrubinemia com nível excedendo transfusão,uso de medicações ototóxicas,menigite bacteriana,entre outros.

- Quais os cuidados para uma voz saudável?

R- Hidratação: beba sempre muita água. Prefira sempre uma alimentação saudável, maçã inclusive é uma fruta essencial para o cuidado com a voz, pois ela tem ação adstringente que torna a saliva mais fina e ainda tem a vantagem, devido a sua consistência, ajudar a exercitar a mastigação. Quando você mastiga a maçã relaxa toda a musculatura, o que melhora a articulação dos fonemas quando você fala, além de ajudar na higiene da boca, bem como no trato vocal. Dormir bem. Substitua o mau hábito de pigarrear e tossir pela deglutição. Evite falar em excesso, inclusive com competição sonora. Fale sempre em intensidade normal. A voz sussurrada também exige um maior esforço. Evite cigarros e bebidas alcoólicas. Não utilize sprays e pastilhas, pois estas possuem efeito mascarante. Evite contrastes térmicos (café X água gelada; ambiente frio X ambiente quente). Fale menos a presença do ar condicionado, pois resseca a mucosa das pregas vocais. O importante é adequar o ambiente, umidificando o ar. Evite a exposição ao pó e/ou poeira, principalmente se você for alérgico, entre outros.

- Qual a importância da especialização que você esta fazendo no Cefac?

R- É sempre importante ampliar os conhecimentos. Acho que não tem data para encerrar os estudos, como na época dos meus avós. Eu procuro sempre estar reciclando meus conhecimentos para que assim, cada vez mais eu possa estar apta para atender todas as pessoas que precisarem do meu atendimento. O Cefac me proporciona a oportunidade de aprender e estar pertinho de fonoaudiólogas e médicos que estudei com livros durante toda a minha graduação. Isso não tem preço. É uma experiência e aprendizado que vou levar durante toda minha carreira profissional. 

 

A nossa entreivsta da vez é com a esteticista dracenense Josiani Filipi. Ela é formada em Ciências Contábeis pela Faculdade Reges de Dracena.Depois de alguns anos trabalhando na área decidiu ir para o segmento da saúde, se tornando esteticista. Agora cursa fisioterapia na Fai de Adamantina.Veja a estrevista

 

VN_Porque optou pela profissão de esteticista?

JOSIANI- Além de ser um ramo da saúde que está em franco crescimento,também é uma forma para eu cuidar da minha própria saúde.

 

VN-O melhor da sua profissão?

JOSIANI_ Trazer sensações de bem estar e conforto ao paciente, e principalmente promover sua autoestima e felicidade com seu próprio corpo.

 

VN-Realização profissional?

JOSIANI-Hoje,olho para trás e sinto orgulho de ter encarado este desafio, conquistei a confirança de minhas pacientes com trabalho sério e dedicação.

 

VN-Qual seu look preferido?

JOSIANI-O básico calça jeans, blusa,sapatilha e acessórios.Em outras ocasiões adoro vestido(rsss)

 

VN-O que Dracena tem de melhor?

JOSIANI-As pessoas.

 

VN-O que falta em Dracena?

JOSIANI-Lugares para lazer e para praticar atividades físicas em mais quantidade e qualidade.

 

VN-O que seria se não fosse esteticista?

JOSIANI-Acho que contadora,porém acho que não combina mais comigo(rsss)

 

VN-Você teve influência na sua profissão?

JOSIANI_Não,sempre quis trabalhar na área da saúde.Apostei na estética e foi amor a primeira vista(rsss)

 

VN-O que faz para relaxar?

JOSIANI_Gosto muito de viajar,mas normalmente fico com meu namorado e minha família,além de passar algum tempo com meus amigos.

 

VN-Como é o seu dia-a-dia?

JOSIANI-Começo cedo na Clínica Vital, e termino por volta da meia noite,hora que chego da faculdade.

 

VN-PROJETO PARA O FUTUTO?

JOSIANI-Casar,concluir minha faculdade e ampliar meus negócios.